Mestre Piu e o Pinheiro.

segunda-feira, 28 de abril de 2008

3 comentários


Mestre Piu se encontrava no alto de uma montanha ao lado de um imenso pinheiro. O vento batia em seu rosto, folhas caiam sobre seu colo e ele permanecia imóvel como se estivesse num transe de extrema profundidade.

Mas o tempo passava e seus discípulos se indignavam com aquela situação. Já haviam se passado dois dias e o ancião permanecia na mesma posição.

Mitouaka, o mais jovem dos aprendizes, não agüentava mais de tanta aflição. Sem receio, foi logo ao encontro de seu mestre. E no alto daquela montanha, o jovem, então, se aproximou de seu mestre e exclamou:

_ Mestre, o que você está fazendo?! Está ai parado há dias sem comer! Isso é algum tipo de punição?!

O ancião, com sua grandiosa tranqüilidade, olha bem no fundo dos olhos do seu discípulo e responde:

_ Na verdade, meu jovem, estava apenas brincando de “estátua” com essa árvore, mas acho que acabei de perder...

Bolero dos Surdos

terça-feira, 15 de abril de 2008

6 comentários

"Melhor do que cantar com nossos amigos, é relembrar nossas velhas canções."

Salve, salve, mundo vasto mundo.


Qual a razão de viver?
Quando a vida não tem razão!
Sorvete de tangirina
com um toque de limão.

Abacate da Noruega
é parafuso na Alemanha
Não peça na pronta-entrega
porque lá não tem lazanha!

Se não sabe aprender
saiba ao menos ficar calado
Verdade + raciocínio é
sabedoria ao quadrado

Não tente ser o melhor
pois você não sabe ser
o melhor que você faz
é escutar e aprender

A vida se faz em atos
e é cheia de coisinhas
não machuque o Sr. Pato
ele é primo da galinha

O coração bate forte
escute-o se quizer
não ouço mais minha mente
ela não sabe o que quer...

Sorria, você está sendo manipulado!

segunda-feira, 14 de abril de 2008

4 comentários


Há tanta hipocrisia por ai que não passa de um estereotipo social manipulado por nós mesmos.

Um "bom dia" não dito.
Um sorriso não compartilhado.
Uma mão não estendida.

E você ai, contribuindo para o fim do mundo.

sou eu!

sexta-feira, 4 de abril de 2008

3 comentários
_Am? Tá falando comigo?!
Hum?! Que que foi??!!
Fala mais alto, não escuto muito bem desse ouvido.
Perdi 12% da audição desde que comprei um fone de ouvido.
Quem sou eu?!! Vamos ver...

Bem...

Sou sujeito de perfeita imperfeição
Imagem distorcida no espelho da razão
Metade escrupuloso, metade não

Sou parte indefinida retirada do contexto
Dia esquecido de um ano bissexto
Elvis, McCartney e cover de mim mesmo

Sou aspas, fecha aspas, sou xará
Panela da vizinha esperando meu fubá
Nota de um real que se perde no sofá

Sou rua que se transforma em beco sem saída
Reflexo diagonal de uma imagem distorcida
Atleta do viver querendo ser torcida

Sou música, sou voz de taquara rachada
Doença contagiosa que pega e não sara
Assassino do ócio que não cansa e nem para

Sou filho da verdade, adotado pelo mundo
Pináculo eufórico de um mero vagabundo
Primeiro na chegada querendo ser segundo

Sou estrada sem desvio, longa, larga e reta
Um louco agradecido em ritmo de festa
Personagem principal de uma prosa incompleta

Meu nome é Raphael e eu sou poeta. :)

Rs...

quinta-feira, 3 de abril de 2008

3 comentários
ALMONDEGA!

huahu
ahuahuahuah
uahuahuahuahuah
uahuahuahuahuahuahua
uahuahuahuahuahuahuahuahu
uahuahuahuahuahuahuahuahuahuahu
ahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahhuahua
ahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahu
huahuahuahhuahuahuahuahuahuahuauahuahuahuahuahuahu!!!

É uma das palavras mais engraçadas que eu conheço!

huahuahuahuahuahua... Aiii aii...

*Só isso.

Trocadilho sem graça de uma manhã ensolarada.

terça-feira, 1 de abril de 2008

2 comentários







... e Rosalina de manhã, meio que inesperadamente, se encara no espelho e diz:



_ Nossa, hoje eu acordei uma baleia!!!

Gorda, ela? Não! Ela só fala muito alto.



Fim.

Copyright © 2010 Literatura Claustrofóbica | Free Blogger Templates by Splashy Templates | Layout by Atomic Website Templates